28.6.12

A verdade é que ...

Antes de ontem, quando você chegou e eu já estava deitada, você foi jantar. Não tinha sido eu que fiz mas, fiquei lembrando de quando a gente ia pra cozinha juntos e fazíamos a nossa janta, e queimávamos o nosso arroz.
Então eu fiquei te esperando, esperando você chegar mais cedo, esperando o beijo repetitivo de "oi", esperando um pedaço de mim, esperando o "nós".
Ontem eu fui pra cozinha, lembrando ainda da gente enquanto fazia a janta, desejando que você chegasse mais cedo de novo só pra gente jantar junto e eu ouvir você falar o quanto a comida estava boa, ou não. E eu fiz sua comida preferida, mas você não chegou na hora do jantar. Eu fui deitar, ouvi a porta abrir, ouvi e vi pelo espelho você silenciosamente se servir da sua comida preferida, mas você estava sozinho, e eu não ouvi você me elogiar.
E a verdade é que, foi eu que fiz o jantar, e eu fiz pensando em você, e você não chegou em casa mais cedo pensando em mim. 
E a verdade é que eu me preocupo e você não, e a gente brigou e foi eu que pedi desculpa de novo.
E a verdade é que já passou da hora de acabar, não é mais necessário, mas também é verdade que eu ainda te amo e sei que vai doer. Então eu prefiro que seja em frente do que enfrente, que de machucado já basta o meu coração.